Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2014

Medusa

imagem: Medusa - 1597 (Michelangelo Merisi Caravaggio) Voraz movediça, molusco, Medusa! De tuas vísceras exalas teu canto Uivo de sereia, inaudível espanto A iscar a vítima que tua língua abusa Deliras, ruminas o cedro, o carvalho O algoz, ante ácido, iminente escarro Na ânsia histérica de forjares no barro Através da ponta que desfere o ralho Fruto bastardo, imagem de tua miséria Desafortunado, substância grave, funérea Transportará consigo a insígnia na testa Tempero aziúme, pútrido da última festa Deus-bolor!, fétido, vômito de teu corte Brado eterno de uma vida para a morte